Cultura

APROCIMA realiza seminário para artistas

Mário Cohen |

Incentivar e motivar as mulheres para ingressarem no mundo do cinema como realizadoras de curta e longa-metragem, assim como noutras áreas das artes com destaque para teatro, artes plásticas e visuais, dança, literatura, música e artesanato é o grande objectivo de um seminário de Introdução a Produção Cultural que a Associação Angolana dos Profissionais de Cinema e Audiovisual (APROCIMA),  em Luanda.

Membros da associação cultural durante um curso de cinema
Fotografia: Francisco Pedro | Edições Novembro

Com a duração de uma hora e meia, o seminário tem o apoio da Ubuntu, Casa de Cultura e Arte e, está a ser ministrada na sede  instituição, na Vila Alice, em Luanda, das 10h00 às 11h30 e das 15h00 às 16h30, com entradas gratuitas.
Durante os cinco dias de formação, os formandos vão aprender várias disciplinas de artes como as Causas do Fracasso de Muitos Projectos, A transversalidade dos conhecimentos e as especificidades do Cinema, Teatro, Artes Plásticas e Visuais, Dança, Literatura, Música, Artesanato, Eventos diversos, bem como a Introdução e Generalidades sobre Produção Cultural, Importância do ponto de Vista Profissional, Carências Actuais do País.
O seminário tem como público-alvo as mulheres por serem poucas a enveredarem no mundo das artes, principalmente no cinema.
Uma das grandes preocupações da APROCIMA é a paralisação das salas de cinema no país, principalmente as de Luanda.
Em 2015, a APROCIMA lançou, na capital do país, um concurso infanto-juvenil denominado “Vamos Filmar”, com a finalidade de promover pequenos vídeos produzidos por crianças.
Fundada a 16 de Agosto de 2014, a APROCIMA trabalha no sentido de defender o interesse dos profissionais do ramo, ajudar os novos profissionais ou amantes do Cinema a melhorarem as suas obras, e neste âmbito tem em agenda cursos intensivos nas diferentes áreas do Cinema, desde a escrita de roteiros, realização, operação de câmara e som e montagem.

Tempo

Multimédia