Choques de culturas em filme

Manuel Albano
7 de Abril, 2016

Fotografia: Domingos Cadência

O filme  “Ausência a Praga do Vazio” sobre a actual tendência dos jovens menosprezarem os princípios característicos da tradição angolana  é apresentado, no sábado e domingo, às 18h00, no Auditório da Casa da Juventude, em Viana.

A longa-metragem, que  chama  a atenção   para as divergências causadas pela valorização dos costumes tradicionais nas aldeias, tem um elenco de 164 actores.
O filme de ficção narra acontecimentos estranhos e sobrenaturais  na povoação do “Swame-Song”, numa região do interior da província de Malanje. Os Deuses africanos castigam os seus discípulos por desobedecerem aos seus conselhos.
Porém, os Deuses enviam para a Terra a rainha Kwanza, uma personagem interpretada pela actriz Marisa Domingos Barbosa, no sentido de orientar e acabar com as desgraças naquela localidade.
Apesar dos esforços da rainha em acabar com as maldições, o desrespeito as autoridades tradicionais, o feitiço e a ganância dos homens continuam a semear a desgraça entre as populações, o que provoca o aumento e surgimento de muitas pragas.
O produtor executivo do filme, Santo Gonçalves António, explicou ontem, ao Jornal de Angola, que a intenção é chamar a atenção da juventude para as consequências de rejeitar as suas origens e tradições.
Produzido pela N. Produções Entretenimento, o filme  foca vários problemas actuais que têm estado a ganhar  espaço na sociedade angolana,  disse Santo António.
O filme tem a duração de 120 minutos, e foi produzido em dois anos. A produtora, Marinela Paula Cardoso, disse que os actores foram  submetidos a uma formação de dois anos sobre técnicas de representar, dicção, cultura geral sobre a História de Angola. “Ausência a Praga do Vazio”, tem como protagonistas   Nelson Charles, interpretado por Jesus Diogo, Max, filho do senhor Chita, por Cristo Paulo, Mestre Solo, por Bartolomeu Cumbiça, Rainha Kwanza, por Marisa Barbosa, e Charles Noia, por Pedro da Cunha. Nos dias 16 e 17 de Abril, o filme é exibido no Cinema Atlântico.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA