Criador de "Family Guy" acusado de plágio


21 de Julho, 2014

O criador de “Family Guy”, a Universal Pictures e os produtores da comédia “Ted”, estão a ser processados pelos autores de uma série da Internet, semelhante a do urso de peluche.

“Charlie The Abusive Teddy Bear” é uma web série da responsabilidade da produtora norte-american Bengal Mangle Productions e está disponível online desde 2009, tanto no Youtube como em FunnyOrDie.com.
A produtora afirma que a personagem “Ted” é uma cópia desleal do seu urso Charlie e até “possui os mesmos atributos físicos”, como noticia a “Sky News”. O filme “Ted”, que estreou em 2012, foi escrito e realizado por Seth MacFarlane, autor da famosa série “Family Guy”, transmitida em Angola pelo canal FOX, e contou com a participação dos actores Mark Wahlberg e Mila Kunis no elenco principal.
O processo judicial, apresentado num tribunal de Los Angeles, acusa Seth MacFarlane de plagiar a personagem da websérie lançada em 1996, informou o jornal “The Guardian”. Tal como Ted, Charlie vive num “mundo humano e adulto com todos os seus amigos humanos. Tem uma queda para beber, fumar, prostitutas... e tem um humor geralmente vulgar”, pode ler-se no processo judicial. A comédia “Ted”, que conseguiu um lucro de 550 milhões de dólares pelo mundo fora, tem prevista uma sequência que chega aos cinemas dentro de meses. Até agora não há nenhum comentário relacionado com esta acusação por parte de MacFarlane, da Universal Pictures ou dos estúdios Media Rights Capital.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA