Filme "Timbuktu" exibido em Luanda


19 de Abril, 2016

O filme “Timbuktu”, protagonizado pelos actores Ibrahim Ahmed, Abel Jafri e Hichem Yacoubi, é a segunda longa-metragem a ser exibida amanhã, às 18 horas, na Mediateca de Luanda, na terceira fase das “Quartas de Cinema: Filmes do Mundo”.

Realizado pelo mauritano Abderrahmane Sissako, “Timbuktu” é um filme dramático, baseado num episódio real, que denuncia a propagação do fundamentalismo religioso. Depois da exibição no Festival de Cinema de Cannes, “Timbuktu” foi nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro e venceu sete prémios César: melhor filme, realizador, argumento original (Abderrahmane Sissako e Kessen Tall), música original (Amine Bouhafa), som (Philippe Welsh, Roman Dymny e Thierry Delor), fotografia (Sofian El Fani) e montagem (Nadia Ben Rachid).
O filme narra uma história ocorrida em Timbuktu, uma cidade do norte do Mali, em Julho de 2012, que é controlada por extremistas religiosos. No enredo, uma família tem a sua rotina alterada, quando um pescador mata uma das suas vacas. Ao tirar satisfação sobre o ocorrido, Kidane (Ibrahim Ahmed) acaba por matar o pescador.
A cidade de Timbuktu foi elevada à condição de Património Mundial da UNESCO em 1988. De pequena povoação perdida no deserto do Sahara, o lugar transformou-se, ao longo dos séculos, num oásis que foi despertando a atenção do Mundo.
Em 2012, a cidade é ocupada por um grupo islâmico liderado por Iyad Ag Ghaly. O medo e a incerteza apoderam-se daquele lugar. Por ordem dos fundamentalistas religiosos, as mulheres são obrigadas a usar véu e a mostrar submissão total.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA