Fiódor Bondarchuk dirige a adaptação de uma odisseia


8 de Julho, 2014

Fotografia: DR

O realizador Fiódor Bondarchuk, que fez “Estalinegrado", filho de Serguei Bondarchuk, distinguido em 1969 com um Óscar por “Guerra e Paz", vai rodar uma superprodução em Hollywood, que é uma adaptação da Odisseia de Homero.

“A Warner Bros escolheu Fiódor para realizar 'Odysseus', uma epopeia de grande espectáculo", afirmou à France Press um dos produtores do filme, Michael Schlicht.
Jeremy Doner é responsável pelo argumento do filme, que conta o regresso de Ulisses à terra natal, Ítaca, após a guerra de Troia, uma viagem durante a qual encontra várias personagens mitológicas.
“O talento de Fiódor Bondarchuk contribuiu para a escolha da Warner Bros", disse Michael Schlicht.
“Estalinegrado", um dos filmes com maior orçamento da história do cinema russo desde o fim da União Soviética, 30 milhões de dólares em parte financiados pelo Governo de Moscovo, foi a primeira longa-metragem não norte-americana rodada com tecnologia Imax.
O filme, que conta a relação de uma soviética com um oficial nazi, com combates espectaculares como pano de fundo, utiliza muitas imagens digitais (CGI).
“Toda a equipa de CGI de 'O­disseia' vai ser russa", confirmou o produtor, antes de revelar que "dois astros norte-americanos participam no filme".

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA