"Homem-Aranha" regressa aos estúdios da Marvel


13 de Fevereiro, 2015

Fotografia: Reuters

A Sony Pictures, que tem os direitos do super-herói “Homem-Aranha”, chegou a acordo com a Disney, proprietária dos estúdios Marvel, para trazer a personagem para aquele universo cinematográfico. A estreia do novo filme tem data marcada para 28 de Julho de 2017.

A parceria, anunciada ontem nos EUA, surge depois dos fracos resultados de bilheteira de “O Fantástico Homem-Aranha 2”, que chegou às salas de cinema em Maio.
O site Box Office Mojo, que analisa as receitas em bilheteiras, anunciou que dos cinco filmes “Homem-Aranha”, o último foi o menos visto e regista uma tendência de queda entre cada filme.
O anúncio feito pela Marvel refere que como parte da nova parceira, o Homem-Aranha começa por aparecer num filme da Marvel e apenas depois tem direito a produção própria.
Personalidades ouvidas pela imprensa especializada norte-americana foram unânimes que o novo Peter Parker deve juntar-se ao Capitão América em “Civil War”, que estreia nas salas de cinema no próximo ano.
A Marvel pretende depois co-produzir com a Sony o primeiro Homem-Aranha desta nova vida.
Kevin Feige, da Marvel, e Amy Pascal, que na semana passada anunciou que ia abandonar a liderança da Sony para se dedicar à produção dentro do estúdio, são os directores criativos do filme. Nem a Sony, nem a Disney, que comprou os estúdios da Marvel em 2009, revelaram pormenores da parceria. Desconhecem-se os valores envolvidos, mas sabe-se que continua a ser a Sony a financiar, distribuir e a ter o controlo criativo final dos próximos filmes.
O “Wall Street Journal” noticiou que os executivos da Sony e da Disney negociavam há muitos meses. Quando a primeira foi vítima no final do ano passado de um  ataque informático foram revelados e-mails sobre estas conversas que davam a entender que as negociações tinham caído por terra.
A Sony tem os direitos do Homem-Aranha desde 1999, quando a Marvel vendeu a história desta banda desenhada por sete milhões de dólares. Nos primeiros anos, o negócio rendeu à Sony lucros históricos, não apenas com os filmes mas com tudo o que lhe estava associado, como os jogos electrónicos. “Com o envolvimento da Marvel, esperamos ter a continuidade criativa, assim como a autenticidade que os admiradores exigem do Universo Cinematográfico da Marvel”, disse Kevin Feige, afirmando-se “entusiasmado” por ter a oportunidade de ter o Homem-Aranha a aparecer ao lado de super-heróis como Capitão América, Homem de Ferro ou Thor.
“Homem Aranha, das grandes personagens da Marvel, é amado em todo o mundo. Estamos entusiasmados em trabalhar com a Sony Pictures para trazer o icónico herói para o Universo Cinematográfico Marvel, numa oportunidade fantástica de contar histórias e construir uma nova série”, disse.
Bob Iger, presidente do Conselho de Administração da Disney, declarou que a parceria proporciona “oportunidades fantásticas” à volta do Homem-Aranha, “dos mais importantes e apreciados personagens da Marvel”.
“A Sony Pictures e os estúdios da Marvel partilham um grande amor pelas personagens do universo do Homem Aranha e têm uma longa e bem-sucedida história de trabalho em conjunto. Este novo nível de colaboração é a forma perfeita de levar a história de Peter Parker para o futuro”, referiu Doug Belgrad, presidente da Sony Pictures Entertainment Motion Picture.
Um novo actor deve ser escolhido para dar vida a Peter Parker. Andrew Garfield foi o protagonista nos dois últimos filmes e Tobey Maguire foi o Homem Aranha nos primeiros três. Para se dedicar a este novo projecto, a Disney tem de voltar a agendar uma série de filmes que já tinham datas de estreia marcadas.
Para o dia de estreia do novo Homem Aranha, 28 de Julho de 2017, estava inicialmente agendada a chegada às salas de cinema do novo Thor, “Ragnorak”.
Capitão Marvel estreia nas salas de cinema dos EUA em 2 de Novembro de 2018. A de “Inumanos” foi adiada para 12 de Julho do ano seguinte.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA