NGA em digressão pelo país

Roque Silva |
27 de Novembro, 2014

Fotografia: Divulgação

NGA, angolano radicado em Portugal e finalista da última edição do Top dos Mais Queridos (com o tema “Mesmo Assim”), apresenta em concerto amanhã, às 20h00, no Cine Sporting, na província do Bié, os temas que compõem o repertório do seu mais recente disco, intitulado “King”.

O espectáculo, enquadrado na digressão “Nga King Tour” com intuito de promover o supracitado CD em várias províncias, tem duração de hora e meia.
Além das 14 músicas que compõem o seu último disco de originais, NGA vai interpretar trechos de algumas canções de sucesso, entre as quais “Qual é o Mambo”, “Má vida”, “Aleluia”, “Hip hop life” e “Amor é...” integradas em projectos seus e noutros em que colaborou.
O espectáculo vai ter a participação do Dope Boyz, grupo angolano residente em Portugal, do qual também faz parte, com Prodígio, Deezzy e Monsta, sendo que este último aproveita igualmente a oportunidade para promover o seu disco de compilações, intitulado “Problema”, lançado este ano em Portugal.
Segundo a agenda do artista, a divulgação do disco prossegue no domingo, com um espectáculo no pavilhão Estrela Club 1º de Maio, em Benguela. A digressão “Nga King Tour” prossegue em Dezembro, nos dias 5 de Dezembro, no pavilhão Gimnodesportivo de Ondjiva (Cunene), 6, no Hotel Kalunda, no Sumbe, 7, no Cine África, no Hoji Ya Henda, e no Zango, em Viana.
O músico canta no dia 22 de Dezembro em São Tomé e Príncipe e regressa a Luanda, onde participa a 27, no estádio dos Coqueiros, num concerto dedicado à passagem do ano, e a 31, na ilha do Cabo.
A digressão de promoção do disco “King” teve início no dia 1 deste mês, com um concerto que registou casa cheia no pavilhão da Cidadela Desportiva. Seguiu-se no Meo Arena, em Lisboa, em Montijo, Pavilhão Nossa Senhora do Monte (Lubango), Tenda da Centralidade do Kilamba, no Moxico, em Cabinda e em Malanje.

Disco ''King''

Expressão inglesa que em português significa rei, palavra usada para NGA provar o seu domínio na música rap feita na Linha de Sintra, em Portugal, onde reside desde a sua adolescência.
“King” é o título do mais recente registo discográfico de um dos artistas angolanos de maior sucesso da actualidade.
Antecedido por “Filhos das Ruas” (2012), álbum que também tem o rótulo da produtora angolana Mad Tapes, a sessão de venda e assinatura de autógrafos do disco, realizada este ano, protagonizou uma das maiores enchentes na Praça da Independência, em Luanda.
O álbum “King” tem 14 temas que abordam as suas vivências e o quotidiano dos jovens emigrantes em Portugal.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA