O regresso de Gus Van Sant


21 de Abril, 2015

Fotografia: Reuters

O Festival de Cannes revelou os 16 filmes em competição, entre os quais o novo de Gus Van Sant, mas a organização admite seleccionar quatro obras mais.

A selecção oficial do Festival de Cannes decorre entre 13 e 24 de Maio. Com o cinema francês em destaque, concorrem também à Palma de Ouro o novo filme de Matteo Garrone, “Il Racconto dei Racconti”, “Carol”, de Todd Haynes, e Gus Van Sant, que venceu o prémio maior do festival em 2013 e que regressa com “The See of Trees”, protagonizado por Matthew McConaughey.
O júri, presidido este ano pelos irmãos Joel e Ethan Coen, vai ter muito que decidir. E se as probabilidades contassem, os filmes franceses ficavam à frente, Há quatro: “Dheepan“, de Jacques Audiard (o título ainda é provisório), “La Loi Du Marché“, de Stéphane Brizé, “Marguerite et Julien“, de Valérie Donzelli, e “Mon Roi“, de Maïwenn.
Os realizadores italianos também estão bem representados, a começar por Nanni Moretti, que leva a Cannes o seu mais recente filme, “Mia Madre“. Paolo Sorrentino, que no ano passado venceu o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro com “A Grande Beleza”, vai mostrar em Cannes os dilemas da idade em “La Giovinezza“. Rachel Weisz, Michael Caine e Jane Fonda estão no elenco. Do país da Cinecittà destaca-se ainda “Il Racconto dei Racconti“, de Matteo Garrone (“Gomorra”), que o delegado geral do festival, Thierry Frémaux, disse que podia ser de Pasolini ou até de Fellini.
Na conferência de imprensa, o delegado geral do festival, Thierry Frémaux, disse que estão escolhidas 16 obras para a competição, mas que ainda vão ser seleccionados “mais dois, três ou até quatro filmes”.
Ainda na competição estão “Carol“, de Todd Haynes, “Sicario“, do canadiano Denis Villeneuve, “Louder Than Bombs“, do norueguês Joachim Trier, e o único filme em representação da Europa Central e de Leste, “Saul Fia“, do húngaro László Nemes, cuja história se passa dentro do campo de concentração de Auschwitz, em 1944.
O regresso de Gus Van Sant com “The Sea Of Trees” também promete atrair atenções.
O filme dramático conta com Matthew McConaughey, Naomi Watts e Ken Watanabe nos principais papéis e centra-se no encontro de dois homens, um americano e um japonês, na “floresta do suicídio”, no Japão.
Fora da competição, o público vai poder ver “Mad Max: Fury Road“, de George Miller, e o filme de animação “The Little Prince“, do mesmo realizador de “O Panda do Kung Fu”, Mark Osborne. “Irrational Man“, de Woody Allen, com o par Emma Stone e Joaquin Phoenix, promete atrair curiosidade. Ainda pouco se sabe sobre o filme, mas deve centrar-se na história de um professor de filosofia em crise existencial, que inicia uma relação com uma estudante.
O filme que vai abrir o festival, a 13 de Maio, é “La Tête Haute“, e já tinha sido anunciado no início da semana pela organização. É a segunda vez que um filme assinado por uma mulher, no caso Emmanuelle Bercot, é escolhido para a abertura, depois de Diane Kurys, em 1987. No elenco estão Catherine Deneuve, Benoît Magimel, Sara Forestier e Rod Paradot.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA