Rússia aposta no patriotismo


6 de Março, 2015

Fotografia: AFP

Os filmes que abordem a história centenária da Crimeia e falem da Ucrânia como parte do território da Rússia estão entre uma lista de tópicos aprovados pelo Ministério da Cultura russo para projectos que procurem financiamento público em 2015.


A lista sugere o estímulo de argumentos de cariz nacionalista e histórico, como filmes sobre a “glória militar da Rússia” ou que marquem certas efemérides, caso do centenário da Revolução de 1917 ou do 25.º aniversário do golpe de Estado contra Mikhail Gorbachev em 1991.
No ano passado, a prioridade era a abordagem da Segunda Guerra Mundial, exaltada na Rússia como a Grande Guerra Patriótica. Porém, este ano procuram-se ainda histórias que edifiquem valores da família como fundadores da sociedade, inspiradores dramas sobre a auto-realização de pessoas com possibilidades limitadas, histórias de sucesso em empresas e trabalho social e projectos que concebam a Rússia como uma sociedade multiétnica e sem fronteiras.  A lista de prioridades inclui também os filmes sobre os “heróis modernos que lutam contra o crime e a corrupção” e as adaptações de clássicos da literatura russa.
Hoje é a estreia, nos cinemas russos, do filme “Leviatã”, de Andrey Zvyagintsev, que conta a jornada de lutas inglórias do homem comum.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA