Cultura

Sextas de Cinema começam hoje na Medicateca com “Aujourd’hui”

O terceiro Ciclo de Cinema dedicado ao continente africano, denominado “Sextas de Cinema”, começa hoje, às 17 horas, com entradas livres, na Mediateca de Luanda (Largo das Escolas), com a exibição do filme senegalês “Aujourd’hui” (Hoje), de Alain Gomis, numa iniciativa conjunta com a Alliance Française de Luanda.

Filme do realizador Alain Gomis abre ciclo de cinema
Fotografia: Edições Novembro |

O filme franco-senegalês, legendado em português, foi dirigido por Alain Gomis, com um elenco composto por Saul Williams, Aïssa Maïga e Anisia Uzeyman.
De acordo com a sinopse do filme, o drama conta a história de Satché, que fica a saber o último dia da sua vida. Ele não sabe explicar como, mas tem a certeza de que vai morrer naquela noite.
Morando nos Estados Unidos da América (EUA) há muito tempo, ele decide voltar ao Senegal, sua terra natal. Este é o momento de reencontrar lugares importantes, relembrar a sua infância, as suas histórias de família e os seus amores.
Nascido no Senegal a 6 de Março de 1972, Alain Gomis é um cineasta e argumentista franco-senegalês. Em 2017, tornou-se conhecido pelo trabalho em “Félicité”, pré-indicado ao Óscar de melhor filme estrangeiro em 2018.
A segunda sessão do terceiro Ciclo de Cinema sobre África realiza-se no próximo dia 20, no mesmo local, com a exibição do filme “Comme un Lion” (Como um Leão) de Samuel Collardey (França-Senegal).
“La Pirogue” (O Barco da Esperança) de Moussa Touré (França-Senegal) é o filme escolhido para ser apresentado na terceira sessão, no dia 27 deste mês, enquanto na quarta sessão, vai ser exibida no dia 3 de Agosto a película “Lettre d’amour zouloue” (Carta de amor zulu), de Suleman Ramadan (França-Alemanha-África do Sul). As sessões grátis são realizadas às sextas-feiras, a partir das 17 horas, na Mediateca de Luanda, situada no Largo das Escolas.

Tempo

Multimédia