Vida do Papa nos cinemas


6 de Dezembro, 2015

Fotografia: Reuters

A vida do Papa Francisco durante os anos sombrios da ditadura militar na Argentina, de 1976 a 1983, chegou, ontem, ao cinema com o filme “Il papa della gente”, do realizador italiano Daniel Luchetti.

O filme, de 98 minutos de duração, narra a história do argentino Jorge Mario Bergoglio (Rodrigo De la Serna) desde o início da sua vida sacerdotal até a sua eleição ao Trono de Pedro, em Março de 2013, quando aparece pela primeira vez no balcão de São Pedro vestido de branco e com uma simples cruz de ferro.
A produção conta as suas experiências como professor, o período de namoro, a passagem ao sacerdócio, a sua convicta defesa dos pobres e, sobretudo, as suas decisões - algumas muito difíceis. “Il papa della gente” relata ainda a sua vivência como padre provincial dos jesuítas argentinos durante os trágicos anos da repressão militar, quando centenas de opositores eram presos, torturados e assassinados nos terríveis “voos da morte”.
Francisco é o 266º Papa da Igreja Católica e actual Chefe de Estado do Vaticano, eleito em sucessão ao Papa Bento XVI, que abdicou em 28 de Fevereiro de 2013. É o primeiro Papa nascido no continente americano e também o primeiro latino-americano, assim como o primeiro pontífice não europeu em mais de 1200 anos. Tornou-se Arcebispo de Buenos Aires em 28 de Fevereiro de 1998 e foi elevado ao cardinalato em 21 de Fevereiro de 2001, com o título de Cardeal Presbítero de San Roberto Belarmino.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA