Cultura

Fórum sobre a Dipanda reúne historiadores

Francisco Pedro |

O historiador e ex-secretário de Estado da Cultura, Cornélio Caley, é um dos oradores do fórum “Angola Independente – Geração 40 anos”, que vai ser realizado amanhã, dia 9 de Novembro, às 17 h00, no Memorial Dr. António Agostinho Neto, em Luanda.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

Organizado pela Associação dos Jovens Angolanos (AJA), o fórum é aberto a todas as pessoas interessadas e conta com a presença de historiadores de renome, tais como Rosa Cruz e Silva, antiga ministra da Cultura, o professor e analista político Mário Pinto de Andrade e o jornalista e analista político Ismael Mateus.
Com este fórum, a AJA pretende abordar as mais diferentes perspectivas desta geração que nasceu numa Angola livre, fértil, esperançosa e sonhadora, de acordo com a sua  coordenadora geral, Teresa Augusto.
Entre as várias questões, os participantes vão analisar “Os objectivos outrora traçados para uma Angola Independente”, “A independência deu aos angolanos o que almejavam?” “Povo independente é sinónimo de povo desenvolvido?”, “Independência, sinónimo de liberdade ou libertinagem?” e “Qual o legado que a Geração 40 anos deixa para as próximas gerações?”.
O jornalista e apresentador de televisão Victor Hugo Mendes é, também, um dos oradores, para apresentar uma comunicação no decorrer do fórum, que abre com um discurso do presidente do Conselho de Administração do MAAN, Jomo Fortunato, precedido de um historial da AJA.

Tempo

Multimédia