Fotógrafos querem criar um mercado atractivo

Roque Silva |
27 de Agosto, 2016

A criação de um mercado mais atractivo, para os profissionais de fotografia e imagem, e de uma estrutura através da qual os seus trabalhos sejam valorizados.

Dominou o tema do primeiro de um conjunto de debates sobre o passado, presente e futuro desta arte em Angola, realizado quinta-feira, no auditório do Banco Económico, em Luanda, numa iniciativa do projecto “Foto em Foco”.
No encontro, que reuniu fotógrafos, jornalistas, produtores e designers de vários órgãos de comunicação e independentes, os participantes mostraram-se preocupados com o estado actual do sector.
A ideia, adiantaram, é dar uma nova dinâmica ao sector da fotografia no país, com acções que visam criar um mercado atractivo e próspero no futuro, assim como ter uma classe coesa. A ausência de uma lei específica que regule a actividade destes profissionais e de normas que favoreçam os direitos de autor e a melhor protecção de arquivos são alguns dos aspectos que contribuem para o desaparecimento da memória colectiva nacional. Para o fotógrafo Pinto Afonso “Pintógrafo”, a situação política e social que o país viveu, em vários períodos, contribuiu para o desaparecimento de registos marcantes da história de Angola. O fotógrafo disse que, desde a época colonial, a desestabilização social, criada pela guerra, resultou na deslocação dos fotógrafos para zonas mais seguras e, às vezes, sem os seus arquivos, como foi o seu caso que saiu do Moxico para Luanda.
Jorge de Palma, outro dos fotógrafos convidados, considera importante recuperar estes arquivos e chamou atenção para uma maior protecção do trabalho dos profissionais de imagem, em especial em relação às fotos cedidas aos órgãos de comunicação.
O artista Kiluanji kia Henda, que também participou, destaca a importância de uma maior união entre os membros da classe e a criação de mecanismos mais activos para a defesa dos interesses dos criadores.
Durante o primeiro debate, que visou saudar  o Dia Mundial da Fotografia, celebrado a 19 de Agosto,  foi apresentada  a página electrónica da Foto em Foco, que vai organizar debates, seminários e exposições.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA