Gala distingue criadores africanos

Manuel Albano |
10 de Dezembro, 2014

Fotografia: Domingos Cadência |

A cantora Ary, Akon, do Senegal, Zahara, da África do Sul e a escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie são alguns dos nomes indicados a concorrer aos prémios da primeira edição da Gala de Valorização do Capital Humano Africano, que se realiza sábado, às 20h00, no Hotel Diamante, em Luanda.

Lourdes Caposso Fernandes, presidente da Associação Lei Com Força, organizadora da gala, disse conferência de imprensa, em Luanda, que o objectivo é premiar individualidades que se destacam na área da cultura, economia, política e sociedade.
O lema da gala é “Trabalhando juntos, crescemos” e está orçada em seis milhões de kwanzas. Visa premiar o capital humano entre outras, nas categorias de Criança Visionária, Jovem Empreendedor, Mulher Batalhadora, Mentor Familiar, Ética e Identidade Cultural.
A gala de Valorização do Capital Humano Africano, que vai ser realizada anualmente, premeia as dez melhores empresas a trabalhar em Angola.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA