Cultura

Género kuduro arrasa show de dança urbana

A Casa das Artes, no município de Talatona, em Luanda, foi palco, no sábado, de um  “show” de danças urbanas, que trouxe à capital angolana o famoso bailarino francês Yugson, e no qual o estilo angolano Kuduro foi a grande atracção e encantou o público.

Bailarino francês Yugson sentiu a electrizante dança de rua da cidade de Luanda
Fotografia: DR

“Eu não choro há mais de 25 anos”, emocionava-se, em lágrimas, Yugson, no fim do show, com excelente actuação em Kuduro que electrizou a sala, quando o público acabava de ver a última peça da noite, segundo o site TV Livre Angola.
Foi a primeira vez que o Yugson sentiu a electrizante dança das ruas de Luanda na sua própria coreografia, durante um espectáculo que juntou num só palco géneros como popping, bboying, afro house e o kuduro.
O show da Casa das Artes foi o primeiro dos dois espectáculos enquadrados na celebração do Dia Mundial da Dança, comemorado a 29 de Abril. O segundo teve lugar no domingo na Fábrica de Sabão no Cazenga.
Especializado em hip-hop, battle e freestyle, Yugson apresentou os seus novos espectáculos de danças urbanas que considera de rua e que criou com outros bailarinos angolanos.
Além da sua carreira de bailarino, Yugson é aclamado como um verdadeiro pedagogo da dança.
Criador da Hawks Method, ele viaja pelo mundo inteiro para dar aos bailarinos de danças urbanas as ferramentas para serem capazes de conhecer as suas forças e debilidades, para evoluir na sua própria arte.
“Testemunhei uma energia real e muito forte aqui”, disse Yugson, acrescentando que “Angola é muito forte culturalmente e tem de se esforçar para que as pessoas fora do país possam ver isto”, disse o renomado bailarino francês que nasceu no Congo e se exilou  em França.”

O bailarino

Bailarino e coreógrafo, Yugson é também professor de danças urbanas. Com o seu projecto “Hawks Method”, Yugson atravessa o mundo inteiro para realizar workshops de dança e para inspirar-se em torno dos ritmos e da energia que descobre em cada país.
Yugson ganhou várias competições de dança na área do hip-hop em diferentes partes do mundo.
Em 2001, venceu o prestigioso prémio da “Battle of the Year“ na Alemanha. Conta também com seis vitórias do concurso francês “Juste Debout” entre 2003 e 2014.

Intercâmbio

Os espectáculos são uma promoção da Alliance Française de Luanda que trouxe à Angola o coreógrafo francês para os shows que reflecte a dança urbana hoje.
“ Para nós é muito importante”, disse o director da Alliance Française de Luanda, Paul Barascut. “A Alliance Française faz muitos espectáculos de teatro e música. Mas queremos também estar presentes na dança.”
Criando uma “oficina” durante dez dias, Yugson recrutou e treinou jovens talentos locais para estabelecer uma fusão nunca antes vista em palco.
A proposta foi a mistura de estilos que competem na rua.
“Geralmente, este tipo de espectáculos acontece na rua, em festas e eventos de competição e batalhas”, disse o senhor Barascut que indicou que o público que acorreu ao show é uma audiência nova que se dedica à dança contemporânea.
“Assim, estes bailarinos sobem ao palco que geralmente é reservado a dançarinos muito diferentes, como os da dança contemporânea. É raro  ver a fusão destas danças num palco, num lugar tão chique e tão bonito”, acrescentou Paul Barascut.
Os shows promoveram as chamadas oficinas da dança e permitem que os ta-lentos locais possam desenvolver a ideia e expandir a coreografia.


Tempo

Multimédia