Google imortaliza a arte urbana mundial


30 de Março, 2015

Fotografia: Reuters

A Google informou na sua página oficial que pretende fazer uma maior aposta na arte urbana no mundo inteiro, através do seu novo projecto, realizado com a ajuda de 85 parceiros de 34 países diferentes.

O projecto serve, explicou o Google, para imortalizar o graffiti e outros diferentes tipos de arte urbana. Actualmente já é possível ver no site do projecto dez mil obras. “A partir da altura em que assinam uma obra, os artistas de rua enfrentam uma contagem decrescente”, escreve, no site especializado “MIC”, o editor Scott Bixby.
O graffiti é, reforçou, “pela sua própria natureza”, efémero. “A parede pode ser limpa ou pintada de fresco, ou outro artista pode pintar por cima. Mas o projecto Street Art, da Google, lançado em Junho do ano passado e integrado no projecto cultural da empresa, Google Cultural Institute, quer funcionar como um museu para a arte urbana. Colecções de fotografias e vídeos de arte urbana pelo mundo fora ficam disponíveis para serem vistos em qualquer lado, ou plataforma, incluindo smartphones e televisões.”
No arquivo, com fotografias de alta resolução, os utilizadores da Internet podem “viajar” entre o festival de arte urbana da Suécia até às pinturas em casas de um bairro pobre de Buenos Aires, ou entre murais de Los Angeles, nos Estados Unidos, incluindo o trabalho “Olhos de Coruja”, do artista conhecido como Bordalo II, considerado um dos 25 melhores de 2014 em todo o mundo. Uma das “exposições” dedicadas a Portugal que pode ser vista na galeria da Google é a da primeira edição do Festival de Arte Urbana da Covilhã, organizado pelo WOOL, um parceiro do Google Street Art.  As pessoas com a tecnologia certa, adianta o Google, podem escolher entre os 250 trabalhos de arte urbana para colorir o fundo das televisões, ou usar no “desktop” do computador ou para aparecer como fundo dos “relógios inteligentes”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA