Governo do Mali gratifica artesãos


4 de Abril, 2017

O Governo maliano ofereceu 100 milhões de francos CFA, cerca de 162 mil e 800 dólares, para apoiar vários os artesões malianos que sofreram perdas materiais durante a Exposição Universal de Milano, em Itália, realizada em Outubro de 2015.

Outra parte da indeminização está relacionada com a destruição completa das peças de artesanato ocorridao na Feira  Internacional de Dakar (FiDak), no Senegal.
De acordo com a agência PANA, na sua edição de ontem, o dinheiro foi entregue aos representantes dos artesãos beneficiários pela ministra maliana do Artesanato e Turismo, Nina Wallet Intalou, na presença do seu colega do Comércio, Abdel Karim Konaté.
Em Outubro de 2015, em Itália, vários artesões malianos registaram problemas logísticos para o  transporte e entrega das suas mercadorias no local da Exposição Universal de Milano.
Esses problemas, segundo a PANA, provocando-lhes assim perdas materiais enormes. Em Dezembro do mesmo ano, em Dakar, outros artesões  malianos viram  os seus produtos consumidos por um incêndio devastador.
Estes incidentes mergulharam os artesões e as suas empresas, duramente afectadas pelos efeitos da crise, na desgraça e na desolação, indicou a mesma fonte. O artesanato maliano desempenha um papel importante na economia nacional.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA