Grupos trabalham em estúdio

Mário Cohen
17 de Dezembro, 2015

Fotografia: Kindala Manuel

Os grupos carnavalescos de Luanda estão a trabalhar, desde o princípio do mês, em vários estúdios da capital, na gravação das canções para a próxima edição do Carnaval, que acontece nos dias 6, 7 e 9 de Fevereiro de 2016.

A maioria dos grupos, explicou o secretário-geral da Associação Provincial do Carnaval de Luanda  (APROCAL), tem trabalhado com o apoio de um profissional da música, que os tem orientado, de forma a apresentarem temas condignos e enquadrados na actual realidade social e cultural do país.
António de Oliveira “Delon” disse, ontem, ao Jornal de Angola, que têm preparado outras condições e ajudado o máximo possível as direcções dos grupos, para que o desfile aconteça sem constrangimentos.
Entre os estúdios seleccionados pela APROCAL para a captação e gravação da maioria das canções destacam-se o Santos Figueiredo, Estúdio T, Xicote Produções, Marimba, LC e Vice-Versa Record.  A masterização e a edição, informou, são feitas noutros estúdios de Luanda, que ainda não estão definidos. “Ainda não firmarmos contracto com alguns deles, portanto fica difícil dizer quais são os mais indicados”, justificou. Porém, disse, os grupos devem concluir as gravações até o dia 30. As canções, acrescentou, são apresentadas ao público dia 12 de Janeiro.
Em relação ao desfile disse que o próximo ano disputam a Classe A, de adultos, 12 grupos, dentre os quais o destaque vai para os favoritos União Mundo de Ilha, Sagrada Esperança e 10 de Dezembro.
Os desfiles do Carnaval estão marcados para os dias 6, Classe C (infantil), 7, Classe B (adultos) e 9, a Classe A (adultos).
António de Oliveira lamentou ainda o facto de a maioria dos grupos carnavalescos de Luanda estarem a viver grandes dificuldades financeiras e de meios materiais, porque a APROCAL não fez a entrega, até o momento, desses bens.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA