Heavy C canta temas inéditos

Roque Silva |
2 de Setembro, 2016

Fotografia: Dombele Bernardo |

Heavy C apresenta, hoje às 20 horas, na Casa 70, em Luanda, temas inéditos que vão constar no repertório do seu próximo disco a solo, durante o segundo de quatro concertos para celebrar 20 anos de carreira.

As canções novas que o músico e produtor se propõe interpretar, e que estão no alinhamento do décimo CD individual e XII em colaboração com outros artistas, são nos géneros semba e zouk.
O artista não revelou os títulos dos novos temas a serem apresentados e do CD, mas adiantou que tem previsão de lançar em Novembro .
O concerto tem a duração de duas horas. Heavy C interpretará 24 temas da sua discografia, marcada pela diversidade de géneros como semba, zouk, afro-jazz, soul music, r&b e rap.
Temas de sucesso de outros artistas nacionais, com destaque para André Mingas, e passagem de algumas canções que produziu, entre elas “Tu vives em mim”, de Kueno Aionda, também constam do alinhamento do espectáculo cuja parte musical é assegurada pelo conjunto Da Banda.
Calabeto e Paulo Matomina são os artistas convidados por Heavy que vai aproveitar o concerto para apresentar um novo talento.
A celebração dos 20 anos de carreira de Heavy C tem ainda agendados outros dois concertos a realizar em Luanda. O músico é a atracção principal do próximo espectáculo do projecto “Jazzment”, a ser realizado na próxima quarta-feira, no espaço Moments, e no dia 15 de Outubro, na Liga Africana.
Heavy C deu os primeiros passos para a carreira como artista em 1993, em Benguela, mais só gravou três anos mais tarde a sua primeira música com o grupo de rap NSPJ e, depois, no projecto de rap denominado Abstracto. Formou em 2000 o dueto Only D, com a cantora França, com a qual publicou o disco “Chegamos”.
O CD valeu-lhe os prémios de Voz e Disco Revelação, no Top Rádio Luanda do mesmo ano.
Heavy C criou, dois anos depois, a produtora Bué d’Beats, responsável pela produção e co-produção de alguns discos de sucesso de músicos como Yola Semedo, Matias Damásio, Ary, Pérola, Yola Araújo, Dog Murras, Army Squad, Edmázia, Marita Vénus e Negro Bué. O compositor e produtor tem publicados os discos a solo “Custou”, em 2002, “Bem na hora” e “P’ra  Acabar” (2004), “Ainda não” (2006), “Não largo o amor” (2007), “Zouk” e “Love” (2011) e “Zouk” e “Love” (2013), este último com a participação de Jorge Aragão, D’Black e Sorriso Maroto. Heavy C produziu ainda a colectânea “Bué de Beats”, em 2010, um CD com oito temas da sua autoria e outros de Pérola, Ary, Mohamed, Ivette Galiano, Carmen Guerreiro, Sarissari, membros da produtora, o cabo-verdiano Grace Évora e o kudurista Game Wala.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA