História da agência EFE em mostra de fotografia


7 de Dezembro, 2014

Fotografia: Divulgação |

Uma exposição de 75 fotos jornalísticas de momentos históricos, integrada nas comemorações da agência noticiosa EFE, está patente ao público até ao final do próximo mês, na sede do Instituto Cervantes, Rio de Janeiro.

A exposição itinerante “EFE 75: A História da Maior Agência Global em Espanhol”, já foi apresentada em várias cidades ibero-americanas.
A exposição documenta alguns momentos de grande impacto no mundo registados pelos fotógrafos da EFE, como o atentado em 2001 às Torres Gémeas de Nova Iorque.
A primeira fotografia que é vista à entrada da exposição, a mais antiga, mostra o encontro em 23 de Outubro de 1940 em Hendaye, França, em plena II Guerra Mundial, entre os ditadores alemão Adolf Hitler e espanhol Francisco Franco.
Ao lado da foto original, na qual Franco aparece muito mais baixo do que o alemão, está a distribuída oficialmente na altura e que foi manipulada para melhorar a imagem de Franco.
Do Brasil há 25 fotografias registadas repórteres da agência das delegações do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.
“Cada um escolheu as que considera as melhores imagens e que representam alguns momentos importantes da História do Brasil”, afirmou Sayão, editor-chefe de fotografia da EFE naquele país e vencedor em 2001 do Prémio Rei da Espanha. A mostra inclui fotografias da selecção brasileira, desfiles de Carnaval, da estátua do Cristo Redentor atingida por um raio e de políticos, como o ex-Presidente Lula da Silva e de um cumprimento entre a actual Chefe de Estado, Dilma Rousseff, e o senador Aécio Neves durante a última campanha eleitoral.
A última imagem da mostra é a de um adepto argentino a entrar no mar, em Copacabana, após a derrota da selecção do seu país com a Alemanha, na final do Campeonato do Mundo deste ano.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA