História da gata "Micha" contada por Kudijimbe

Manuel Albano
25 de Junho, 2015

Fotografia: Paulino Damião

“Um gata chamada Micha” é o título do mais recente livro de contos da autoria de Kudijimbe, a ser apresentado hoje, em Mbanza Congo, no âmbito da nona edição do Jardim do Livro Infantil que decorre em simultâneo até domingo, em todas as capitais das províncias.

O livro, de 17 páginas, foi editado pelo Instituto Nacional das Indústrias Culturais (INIC). O conto, escrito para crianças e adolescentes, disse o escritor, é uma homenagem a uma gata com o nome Micha que durante 16 anos recebeu tratamento igual ao dos membros de uma família a que pertencia.
A gatinha sempre foi tratada com uma “filha”, razão pela qual houve a necessidade de prestar um tributo pelo seu desempenho enquanto esteve na convivência familiar.
De forma resumida, o escritor disse que tentou contar a história das peripécias que a personagem principal passa até tornar-se adulta e ter os seus filhotes.
O escritor realçou que durante o Jardim do Livro Infantil vai igualmente realizar encontros com as crianças, no sentido de explicar a importância de respeitar e dar carinho aos animais, particularmente os de estimação. Kudijimbi é membro fundador e secretário-geral da Brigada Jovem de Literatura Alda Lara - Huambo, membro fundador e presidente executivo da Brigada Jovem de Literatura de Angola, membro fundador da oficina literária Kuntuala na Faculdade de Engenharia - Universidade Agostinho Neto.
O autor publicou em 1987 “O Fardado” e “Fogo na Kangica” e em 2003 “António Jacinto e os guerrilheiros” e “No amanhecer da curva”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA