Homenagem aos heróis transposta para os palcos

Roque Silva |
4 de Julho, 2015

Fotografia: Santos Pedro |

“Filhos da Pátria” é o título do espectáculo que o grupo Kulonga apresenta hoje  às 19h00 na Liga Africana, Luanda, que lembra os sacrifícios e necessidades dos angolanos durante a guerra.

A apresentação do espectáculo, destinado a angariar fundos para a participação do grupo no Festival de Teatro da Língua Portuguesa (FESTLIP) deste ano no Brasil, é também uma homenagem à paz, aos soldados e a todos os que negociaram o fim da guerra.
O director artístico do grupo de teatro Kulonga disse ao Jornal de Angola que a peça recorda “a bravura dos que lutaram durante mais de 30 anos pela paz, sem descurar o lado mais sensível dos militares, a maioria com família”.
Afonso Dinis “Amankwá” lembrou que a peça de teatro “Filhos da Pátria”  já conquistou o prémio de melhor espectáculo do Festival de Teatro do Cazenga (FESTECA), em  2012, assim como consagrou o actor Ariclene de Oliveira como o melhor intérprete.
No âmbito da angariação de fundos para custear a estada no Brasil, o Kulonga apresenta a peça “Loucura de Barriga Vazia” no dia 11, também na Liga Africana, que assinala igualmente o 17º aniversário do grupo, e no dia 15 no projecto “Há Teatro no Camões”, no Centro Cultural Português.
O grupo Kulonga regressa ao palco da Liga Africana nos dias 8 e 9 de Agosto e estreia no dia 21 a peça “Rainhas Sem Coroa”, uma homenagem às zungueiras.
A companhia encerrou a 12ª edição do Festival Internacional de Teatro de Inverno de Maputo, com pela “Loucura de Barriga Vazia”, com a qual arrecadou cinco troféus e o terceiro lugar no Festival de Teatro de Ubá, no Brasil.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA