Cultura

Horizonte encena “A Dívida”

Manuel Albano

A Companhia de Artes Horizonte Njinga Mbande exibe hoje e amanhã, em duas sessões, uma às 19h45 e outra às 21h30, no seu auditório, em Luanda, a peça “A Dívida”, um retrato do quotidiano, feito como censura ao comportamento negativo das pessoas ambiciosas.

Grupo explora as consequências da ganância entre as pessoas
Fotografia: DR

“A Dívida” conta a história de um homem que, por ganância, tudo faz para se apossar da riqueza do falecido irmão. Criada em 2011, numa adaptação do livro “Marido da Outra”, do escritor angolano Sequeira Lopes, o espectáculo procura chamar a atenção ao público para as consequências da ganância, com a história de um homem rico, com muitas dívidas, que procura lucrar com a morte do irmão, ao ponto de tentar prejudicar a família do malogrado.
Para Damião Kuvula, a peça é um alerta social para o consumismo exacerbado e a ambição dos homens na sociedade contemporânea, particularmente dos jovens, dispostos a satisfazer os seus desejos em detrimento dos outros. Como fazedores de arte, disse, o objectivo do grupo é ajudar na educação e sensibilização da sociedade, em especial da juventude.

Tempo

Multimédia