Huambo acolhe Dia da Cultura Nacional


5 de Janeiro, 2016

Fotografia: Paulino Damião |

As comemorações do Dia da Cultura Nacional, que se assinala no dia 8, durante o qual é inaugurada a Biblioteca Provincial, que começam amanhã e terminam no sábado, realizam-se na província do Huambo.

O programa das comemorações inclui, entre outras iniciativas, uma  conferência subordinada ao tema “O Papel das Figuras Históricas do Planalto na Luta Contra a Ocupação Colonial” e a cerimónia da classificação da Estação Arqueológica do Fety e das Pedras de Caninine, bem como da Praça Dr António Agostinho Neto, do Forte Kamdumbo, como patrimónios históricos, além de um seminário de harmonização ortográfica do umbundo.
O programa contempla igualmente a apresentação de peças de teatro pelo grupo Vozes de África, Feira de Artes e o lançamento de um catálogo sobre o artesanato produzido em todo o país.
O Dia da Cultura Nacional foi instituído em 1986 na sequência do discurso em 1979, em Luanda, do primeiro Presidente angolano, Agostinho Neto, na tomada de posse dos corpos gerentes da União dos Escritores Angolanos.
“A cultura não pode inscrever-se no chauvinismo, nem pretende evitar o dinamismo da vida.  A Cultura evolui com as condições materiais e em cada etapa corresponde a uma forma de expressão e de concretização de actos materiais”, disse então Agostinho Neto.
A efeméride foi instituída como reconhecimento do pensamento do poeta sobre os problemas relacionados com a cultura angolana, bem como da importância que tem na unidade nacional, essencial na afirmação da soberania do país.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA