Identidade é a preocupação principal


17 de Setembro, 2014

Os participantes no Colóquio sobre a Cultura Nacional recomendaram, em Luanda, a promoção de mais acções de protecção e o respeito pela identidade cultural nacional.

No comunicado final do colóquio, realizado no âmbito do FENACULT, os conferencistas consideram necessário realçar  a questão da construção de uma Nação próspera baseada na identidade sociocultural do angolano e preservar o património nacional, material e imaterial.
Entre as recomendações consta ainda um acordo para o uso de recursos culturais nacionais em indústrias, instituições e serviços, assim como a promoção da identidade através das escolas.
Os participantes consideram ainda essencial criar condições institucionais e curriculares para a inserção de programas de formação e conhecimento artístico e cultural no domínio das ciências sociais e humanas.
Nas recomendações consta também o reforço dos mecanismos de apoio aos artistas nacionais e de incentivo ao desenvolvimento económico justo e sustentável da cultura nacional, assim como a preservação da tradição e da “memória colectiva”.
O colóquio abordou os desafios para a implementação da estratégia da política cultural nacional.
A actividade avaliou os resultados das políticas culturais na execução dos programas de investimentos públicos no sector, através dos resultados obtidos no III Simpósio sobre Cultura Nacional, realizado em 2006.
A uniformização do acesso dos angolanos à produção cultural, a participação e controlo na gestão das políticas públicas de cultura, a implementação e acompanhamento da Política Cultural a nível das províncias e municípios, foram também debatidos.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA