Iniciativa aborda a delinquência juvenil

Miqueas Machangongo |
7 de Outubro, 2015

Fotografia: Miqueas Machangongo

A falta de acompanhamento dos encarregados de educação e a ausência as aulas por parte de muitos jovens estudantes, que inclinam-se ao alcoolismo e uso de drogas, aliado ao fenómeno mata aula, foi o âmago da peça vencedora da primeira edição do Festival de Teatro Escolar.

Realizado segunda-feira no auditório da Escola Njinga Mbande, pela direcção de Educação da Comissão Administrativa de Luanda, por ocasião do Dia Internacional do Professor, o festival foi ganho pelo representante do distrito Urbano da Maianga, que totalizou 33,5 pontos.
O representante do distrito Urbano da Maianga levou à cena um espectáculo de teatro na qual narra, entre outras, a situação que os professores enfrentam no desempenho das suas funções, tendo apelado a sociedade a tomar medidas urgentes para se por fim a essas atitudes, que em nada contribuem para uma sociedade saudável.
Nos espectáculos apresentados, os grupos dos seis distritos urbanos do município de Luanda levaram à cena aspectos para chamada de atenção aos jovens quanto ao seu comportamento e nas repercussões que pode advir  no futuro. 
O grupo do distrito urbano do Sambizanga encenou que a delinquência juvenil quer  a praticada na escola e quer nos bairros quando não deixada  tem apenas duas saídas a prisão ou a  morte, dai o conselho para que o jovens terminam com essas práticas indecorosas.
Os alunos da Ingombota destacaram o papel da Polícia no combate a criminalidade e aconselha os jovens a desistir de qualquer prática de rebelião  que poe em perigo primeiro a sua própria vida e a dos seus próximos.
Os representantes da Samba, Rangel e Kilamba Kiaxi também transmitiram nos seus espectáculos alguns males que a sociedade luandense vive, fruto do uso das drogas no seio da juventude.
O coordenador de actividade extra escolar da direcção municipal de Educação do município de Luanda,  Jacinto Baca, disse ao Jornal de Angola que o objectivo do festival de Teatro Escolar,  denominado “FETE”, é de despertar o interesse nos alunos de práticas boas que concorrem para a formação multiface tica do homem e não adesão a delinquência  juvenil.
O Festival de carácter competitivo tem periodicidade anual e realiza-se a  5 de Outubro, por ocasião do Dia Internacional do Professor.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA