Cultura

Japão reabre cinemas

As carruagens do épico de 1959 “Ben-Hur” e a estrada de tijolos amarelos do clássico de 1939 “O Mágico de Oz” estão de volta às telas no Japão, onde os cinemas começam a reabrir em meio à crise do coronavírus, informou, hoje, a Reuters.

Fotografia: DR

O filme estreado por James Dean, “Vidas Amargas” (1955), o drama criminal “Bonnie e Clyde” (1969) e a longa-metragem “Inferno na Terra” (1974) estão entre outros títulos apresentados, depois que a cadeia japonesa Toho Cinemas reabriu dez das 66 salas em áreas consideradas relativamente seguras em relação ao coronavírus.

A unidade da Toho Co, que também administra um estúdio de cinema, informou que vai reabrir mais 23 cinemas esta se-mana em locais onde o Governo suspendeu o es-tado de emergência. Mas os cinemas em Tóquio permanecem fechados.

A Toho Cinemas havia fechado todas as salas no dia 18 de Abril e agora implementou medidas de segurança, como lugares vazios e obrigatoriedade de funcionários e clientes usarem máscaras. A reabertura de cinemas leva a outro desafio: que filmes são exibidos depois de os estúdios terem adiado os lançamentos?

Tempo

Multimédia