Jovens concluem formação em artes cénicas e cinema


15 de Março, 2016

Fotografia: Edilson Domingos |

Um total de 20 jovens concluíram, ontem, no Huambo, o primeiro módulo de formação em teatro, televisão e cinema, promovido pela Nevalflor Produções, em coordenação com a Mediateca provincial, disse o responsável da produtora audiovisuais Nevalflor, Nelson Nhanga.

O evento, que teve a duração de três meses, visou  contribuir para o relançamento da produção das artes cénicas e audiovisuais na província do Huambo, disse Nelson Nhanga, para acrescentar que a formação teve também como propósito manter o perfil artístico dos actores e outros intervenientes das artes cénicas, televisão e cinema.
O também actor recordou que o país tem lutado para a diversificação da economia e melhoria das condições de vida da população, na qual a cultura e as artes de entretenimento têm despertado atenção dos jovens. Nelson Nhanga disse que o surgimento de novas produtoras audiovisuais no país tem permitido a retratar em filme o quotidiano angolano, tendo destacado a série “Angola Chama”, gravada na província do Huambo, pelo realizador Tomás Ferreira, e as longas-metragens “Rainha Ginga”, “113”, “Assaltos em Luanda”, “Comboio da Canhoca”, entre outros trabalhos assinado pela nova geração.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA