Júri convida artistas da Huíla a levarem obras ao concurso


30 de Julho, 2016

A Direcção Provincial da Cultura na Huíla convidou, no Lubango, os artistas a divulgarem as suas criações no sentido de captar o interesse do júri do Prémio Nacional de Cultura e Artes, cujo prazo de avaliação decorre até 15 de Setembro próximo.

O repto foi lançado pelo chefe de departamento de massificação e artes da direcção da Cultura, Pedro Mussunda, tendo sublinhando que os artistas podem concorrer nas sete categorias em concurso, nomeadamente Literatura, Artes Plásticas, Teatro, Dança, Música, Cinema e Audiovisuais e Investigação em Ciências Humanas e Sociais. O responsável informou que dentro destas categorias existe um conjunto de sub-categorias, como a poesia, a prosa, a crónica e a biografia e a literatura infanto-juvenil, enquanto na dança vão ser premiados os estilos tradicional, popular e recreativo.
“Todos os artistas na Huíla que se revejam dentro dos critérios que o regulamento exige têm a possibilidade de concorrer e aguardar a decisão do júri, depois de fazer as suas avaliações e, posteriormente, divulgar os resultados dos vencedores”, disse Pedro Mussunda. O júri da edição 2016 do Prémio Nacional de Cultura e Artes tem como presidente António Francisco de Oliveira, eleito por unanimidade. Para a disciplina de Literatura, foram nomeados António Fonseca e Manuel Mwanza, enquanto nas Artes Plásticas estão Álvaro Cardoso e Firmino Mendes Ribeiro.
Clara Monteiro e Gaspar Agostinho Neto respondem pela disciplina de Música, ao passo que Marcelina Afonso Ribeiro e António Francisco de Oliveira assumem a categoria de Teatro. Laritza Carlos e Manuel Vieira Dias Tomás foram nomeados para a categoria de Dança. A disciplina de Cinema e Audiovisual está sob a responsabilidade de Asdrúbal da Silva e Óscar Gil, enquanto João Lourenço e José Pedro assumem a categoria de Investigação em Ciências Humanas e Sociais.
O Prémio Nacional de Cultura e Artes, de periodicidade anual, tem por objectivo incentivar a criatividade artística. A gala de entrega dos prémios realiza-se em Luanda, no mês de Novembro, na véspera dos festejos da Independência Nacional.
O grupo Kamatembas da Humpata venceu em 2015 o Prémio Nacional de Cultura e Artes, na categoria de dança.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA