Cultura

Kissamá oferece livro ao Presidente português

Manuel Albano

O escritor Kissamá ofereceu um exemplar autografado do seu primeiro livro “O Corno de África - As frases de Kissamá” ao Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, na abertura da Feira da Federação Nacional de Assuntos dos Quadros, que decorre até amanhã, na cidade do Porto.

Presidente Marcelo Rebelo de Sousa com o escritor angolano
Fotografia: Edições Novembro

Em declarações ontem ao Jornal de Angola, via telefone, o autor disse que aproveitou a oportunidade para trocar algumas impressões com o estadista português.   
Kissamá, que   vendeu e autografou o livro no dia da abertura da feira e a 12 deste mês,  dialogou com  escritores portugueses e falou dos aspectos culturais dos dois países. O autor confirmou a apresentação em Luanda do livro “O Corno de África - As frases de Kissamá” no próximo mês de Novembro.
“Recebi elogios  do Presidente de Portugal sobre o meu trabalho. É um humanista  de fácil trato, que está sempre disposto a interagir com as pessoas sem distinções.”
O autor explicou que a intenção é abrir portas no mercado literário português, considerado “um ponto estratégico”, para atingir outros países europeus.
O livro retrata o contexto sociocultural africano, trazendo para reflexão aspectos positivos e negativos das dinâmicas políticas em África, incluindo o combate à corrupção e os esforços para a saída do subdesenvolvimento.
O livro de contos revela inspiração “na espiritualidade dos africanos, com destaque dos angolanos”, sendo a continuidade de vários projectos artísticos, para consolidar a sua própria marca no mercado literário.
O também estilista explora há três anos modelos de estilo africano, apresentados no país e em Portugal, com o nome Afrokissamá. Um dos seus objectivos é consolidar a marca e criar um espaço para a troca de experiências entre criadores nacionais e estrangeiros, quer na diáspora quer no país. Nos últimos anos, Kissamá revela nas suas criações a dinâmica das sociedades angolana e portuguesa, sem descurar a preservação e valorização da identidade cultural.
Um dos aspectos dos trabalhos de Kissamá é o cruzamento de tonalidades e motivos artísticos que revelam as culturas africana e ocidental. As colecções são divulgadas nos mercados europeu e da África do Sul.
Kissamá lamentou o fraco investimento na indústria têxtil nacional, mas garantiu que não constitui motivo inibidor para continuar a criar.
Tomás Francisco dos Santos de Castro “Kissamá” nasceu em Luanda, em 1986. Está no mundo da moda há 17 anos e destacou-se nas festas “Afro Moments”.

Tempo

Multimédia