Kunda-dia-base tem monumento


30 de Julho, 2016

O município do Kunda-dia-base, província de Malanje, vai inaugurar nos próximos dias um monumento histórico dedicado aos mártires da Baixa de Kassanje, construído pela administração municipal, em resposta a uma solicitação das autoridades tradicionais locais.

O memorial foi erguido no local onde jazem os restos mortais de quatro sobas (Santos, Minguito, Capapa e Cabo), mortos a 4 de Janeiro de 1961, no massacre ocorrido na Baixa de Kassanje contra camponeses angolanos. De acordo com o administrador municipal do Kunda-dia-base, João Tutu Magikygiky, a iniciativa constitui uma forma de homenagear esses sobas que se bateram contra o jugo colonial.
O empreiteiro Zeferino Neves Pango disse que a obra compreende a vedação do cemitério e a construção das campas e do túmulo do soldado desconhecido.
Com vista ainda a honrar a memória de outras vítimas do massacre da Baixa de Kassanje, o Governo de Malanje também pretende construir um memorial na localidade de Teka dia Kinda, no município do Quela, que também integra a Baixa de Kassanje, e onde jazem centenas de angolanos. Teka dia Kinda é uma localidade histórica da região da Baixa de Kassanje, que dista a 130 quilómetros a leste da cidade de Malanje, onde foram sepultados, em vala comum, centenas de camponeses angolanos mortos.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA