Lester James Peries o mais velho no activo


5 de Abril, 2015

Lester James Peries, natural do Sri Lanka, passa a ser o realizador de cinema mais velho do mundo, com 95 anos, depois da morte quinta-feira de Manoel de Oliveira, aos 106 anos.

A indicação do realizador consta da lista “Oldest Living Great Directors” (melhores realizadores vivos) da Internet Movie Database (IMDB).
Lester James Peries nasceu a 19 Abril de 1919 e tornou-se reconhecido com os filmes “Rekava” (1956), “Baddegama” (1981) e “Wekande Walauwa” (2002). O último filme que realizou foi “Ammawarune”, em 2006.
O segundo realizador mais velho é agora Michael Anderson, nascido em Londres em 1920, que ficou conhecido pelos filmes “Fuga no Século XX” (1976), “A Volta ao Mundo em 80 Dias” (1956) e a “Esquadrilha Heróica” (1955).
Da lista de cineastas vivos com mais de 90 anos fazem ainda parte o lituano Jonas Mekas (92 anos), o iraniano Ebrahim Galeston (92 anos), o norte-americano Haskell Wexler (93 anos) e o japonês Seijun Suzuki (91 anos). Mickey Rooney (norte-americano), Miklós Jancsó (húngaro) e Alain Resnais (francês) figuravam até 2014, ano em que faleceram, na lista de realizadores mais velhos do mundo.
Até quinta-feira, o cineasta mais velho no activo era o português Manoel de Oliveira, que morreu aos 106 anos, feitos a 11 de Dezembro do ano passado.
Manoel de Oliveira faleceu em casa no Porto, a sua cidade natal, onde nasceu em 1908 no seio de uma família da burguesia industrial. Era casado, desde 1940, com Maria Isabel Brandão Carvalhais, de quem teve quatro filhos.
Manoel de Oliveira tinha mais de 50 filmes realizados e era o único realizador em actividade que assistiu à passagem do cinema mudo ao sonoro e do preto e branco à cor.
A sua longa carreira começou ainda no cinema mudo com “Douro, Faina Fluvial” (1931) e despediu-se com a curta-metragem “O velho do Restelo”, “uma reflexão sobre a Humanidade”, estreada por ocasião do seu 106º aniversário.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA