Liga Cultural dos Deficientes apresenta colectânea musical

Kátia Ramos |
27 de Abril, 2016

Fotografia: Santos Pedro

Um grupo de artistas pertencentes à Federação Angolana da Associação de Pessoas com Deficiência entregou há dias em Luanda, ao ministro da Assistência e Reinserção Social, João Baptista Kussumua, uma colectânea discográfica da autoria da Liga Cultural dos Deficientes.

O álbum, com 12 temas, é parte do projecto “Som é Vida”, patrocinado pela Casa da Música. O CD foi editado em Israel e tem a participação de 12 cantores.
O presidente da Liga Cultural dos Deficientes de Angola informou que a associação foi para dar apoio e projectar os trabalhos artísticos dos seus membros. Rodrigues Artur, de nome artístico Clareza, adiantou ainda que a maioria das letras do CD fala sobre a luta dos portadores de deficiência e a discriminação de que são vítimas.
“É preciso encorajar esses artistas a seguirem o seu caminho apesar das dificuldades. O disco é uma prova disso, assim como da força e determinação destes para se imporem no mercado nacional”, disse.
Clareza pediu também às pessoas portadoras de deficiência para nunca desistirem dos seus projectos de vida. “A música é uma forma de expressar estes sentimentos. Muitos destes homens lutaram pela independência do país e depois acabaram marginalizados. Hoje é preciso reconhecer os seus feitos, de forma a que a nova geração conheça os seus esforços. O CD foi feito também com esse objectivo”, rematou.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA