Língua materna merece atenção de antropólogo


3 de Novembro, 2015

O antropólogo Hélder Bahu falou, ontem no Lubango, sobre “A Construção e desconstrução identitária em Angola”, no decorrer da I edição do Projecto “Otyoto Conference”, na província da Huíla.

Hélder Bahu aproveitou para apelar aos participantes à preservação da língua materna que constitui  um dos sinais da identidade cultural. O académico sustentou que urge divulgar mais, no sentido de as novas gerações não desprezarem a língua materna. “Estamos numa fase  em que já se notam alguns jovens com a preocupação de resgatar a língua materna.”
 O “Otyoto Conference”  serviu para apresentar ideias, projectos, programas desafiadores e partilha de  conhecimentos para desenvolverem na província.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA