Cultura

Lista A propõe a criação de um portal dos artistas

Manuel Albano

A lista A, liderada por  Zeca Moreno, concorrente às eleições para a presidência do corpo directivo da União dos Artistas e Compositores (UNAC-SA), marcadas para sexta-feira, promete criar, pela primeira vez na história da instituição, um website com informações em constante actualização.

Membros da lista de Zeca Moreno inteiraram-se ontem do funcionamento da Edições Novembro
Fotografia: Contreiras Pipa | Edições Novembro

O músico Diogo Sebastião “Kintino”, um dos integrantes da lista A, destacou a importância da criação de uma base de dados da UNAC-SA, bastante dinâmica, atractiva e actualizada, onde a imprensa nacional e internacional possa ter acesso facilitado aos seus conteúdos.
Outras das propostas da lista A, explicou o músico, é a melhoria da comunicação com os órgãos de comunicação social, criando par-
cerias no domínio da publicidade, essencialmente na bonificação dos anúncios das actividades filantrópicas realizadas pelos artistas filiados.
Kintino teceu essas informações ao Jornal de Angola, no final da visita efectuada ontem às instalações da Edições Novembro por um grupo de artistas da lista A, que percorreram demoradamente várias áreas da empresa de comunicação social pública.

Compromisso com a classe
Zeca Moreno, candidato da lista A, assumiu ontem em Cabinda, caso ganhe às eleições à presidência da UNAC-SA, que vai promover acções formativas generalizadas para os filiados. O candidato da lista A, que encerrou ontem a sua campanha eleitoral na província mais ao Norte do país, prometeu uma cooperação com a Educação.
Na opinião do candidato Zeca Moreno, é preciso apostar na formação do homem, “se quisermos alterar o actual quadro letárgico no qual se encontra actualmente a UNAC-SA, resultante da má gestão da antiga direcção”.
Para alterar a situação, cons-ta do seu programa a atribui-ção de bolsas de estudos sem distinção estatutária dos associados, para frequentarem cursos nas mais variadas disciplinas artísticas, no país e no estrangeiro, a realização de colóquios e palestras sobre música, teatro e dança.

A visão do candidato
Uma palestra denominada “A UNAC-SA na visão da candidatura de Zeca Moreno” foi realizada ontem em Cabinda, depois da realização no sába-do em Luanda de actividade idêntica, na qual os oradores apontaram os principais desafios da lista A e sublinharam a necessidade de uma reorganização urgente dos arquivos da instituição.
A organização da base de dados, um melhor controlo das receitas arrecadadas men-
salmente, a prestação de contas e a construção de espa-ços culturais onde os artistas possam apresentar-se regularmenteconstam das prioridades da lista A.

Tempo

Multimédia