Literatura angolana promove um debate

César Esteves
3 de Setembro, 2016

O movimento literário Lev’Arte realiza hoje, às 8h00, no auditório do Centro de Formação de Jornalistas (Cefojor), em Luanda,  a IV conferência nacional sobre literatura, sob o lema “Mais literatura, mais crescimento intelectual”.

A conferência vai incidir sobre um conjunto de temas directamente ligados ao estado da literatura angolana que serão apresentados por escritores e académicos angolanos ligados a esta matéria. Entre os oradores, destacam-se o jornalista e crítico musical Jomo Fortunato, que se vai debruçar sobre o tema “Marcas da literatura angolana nas composições das músicas”, e Lopito Feijó com “A formação do escritor -  tendências e dinamização na nova literatura angolana”.
Luís Kandjimbo fala sobre “Oralidade e a tradução cultural na literatura angolana”,  Teresa Silva com “Literatura e inclusão social”,  Luís Fernando “Vanguarda literária vs comunicação social”, Márcio Undolo “Termos literários no discurso jornalístico” e Constança Ferreira de Ceita com o tema “Agostinho Neto e a geração literária de 40”. Os participantes recebem, no final da conferência, um certificado de participação. 
Com uma periodicidade anual, a conferência sobre literatura é uma iniciativa que visa promover o intercâmbio cultural e intelectual com os escritores da antiga e os da nova geração literária angolana. A primeira edição aconteceu em 2012. O Lev’Arte  é um movimento cultural de âmbito nacional  criado em 20 de Julho de 2006.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA