Literatura infantil é um instrumento bastante valioso


3 de Abril, 2016

A literatura infantil em Angola tornou-se um instrumento valioso, uma vez que concorre para despertar novos estímulos ao desenvolvimento do imaginário das crianças educando-as moralmente, afirmou ontem a ministra da Cultura, numa mensagem por ocasião do dia internacional deste género literário.

Carolina Cerqueira disse que o processo de desenvolvimento do imaginário das crianças passa pela afirmação da necessidade da defesa e promoção dos valore culturais e da dignidade das manifestações artísticas angolanas. “É muito importante que as crianças desenvolvam o hábito da leitura, pois os conteúdos das histórias que a literatura lhes transmite deixa marcas indeléveis na sua formação e forja nelas os valores que as tornam boas pessoas”.
A governante disse que nos últimos anos os angolanos testemunham a publicação de livros dedicados às crianças, mas ainda em número insuficiente para suprir as necessidades do mercado da literatura infantil.
“É certo que esforços continuam a ser envidados não só da parte do Executivo, como também daqueles que se dedicam à actividade privada neste ramo, com particular realce para os nossos criadores, cujas veias artísticas e literárias transmitem à sociedade valores tão importantes e fundamentais à vida durante a primeira infância”, lê-se na mensagem.
O Executivo angolano, referiu Carolina Cerqueira, classifica o livro e a leitura como veículos de transmissão do saber e da cultura nacional, constituindo um valioso meio de apoio à pesquisa social e científica, à mudança e aperfeiçoamento social, e um vector fundamental no combate ao analfabetismo.
O Dia Internacional da Literatura Infantil é celebrado a 2 de Abril, por ocasião do aniversário natalício do escritor dinamarquês Hans Christian Andersean, autor dos célebres contos A Pequena Sereia, O Patinho Feio, A Menina dos Fósforos, A Sombra e A Rainha das Neves.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA