Livro de Lopito Feijóo aproxima a sexualidade

Mário Cohen |
25 de Outubro, 2014

Contradições, debates sobre sexo e uma incursão à poesia erótica são o pano de fundo do livro “Desejo de Aminata”, de Lopito Fiejóo, que foi apresentado na quinta-feira à noite, no Instituto Camões-Centro Cultural Português, em Luanda.

A escritora Amélia da Lomba, uma das apresentadoras do livro, disse que, em “Desejo de Aminata”, o autor narra o amor que tem pela mulher e mãe dos filhos, numa visão perfeita, pondo de lado os aspectos negativos da relação, que nada dignifica a sua paixão por ela.
Para a escritora, o livro é como um ritual amoroso do escritor para com a sua companheira Aminata. Mas, além de louvar a sua mulher, Lopito Feijóo acaba por honrar todas as mulheres angolanas, de Cabinda ao Cunene.
O escritor faz uma incursão à poesia erótica, na qual Aminata, além de dar título à obra, corporiza também o amor físico que o autor enaltece, como parte integrante e essencial do amor total pelo ser amado.
António Panguila, outro apresentador, disse que o livro reflecte as duas décadas e meia de casamento do casal. “A poesia erótica é bíblica, porque o Rei Salomão escreveu muitos poemas eróticos que estão na Bíblia intitulados ‘Os Cantos de Salomão’”, disse.
“Desejo da Aminata”, de 57 páginas, foi impresso em Portugal.
Lopito Feijóo apresentou ainda o livro “Andarilho & Doutrinário - 50 anos de poemas”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA