Cultura

Livro do autor “York” chega hoje às bancas

“O sorriso negado” é o título do segundo livro de poesia da autoria de Frederico Pascoal “York” a ser lançado hoje, às 16h00, na União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda.  O mesmo livro é apresentado no próximo dia 17, no Lobito.

Fotografia: JAImagens | Edições Novembro

O primeiro  capítulo retrata a poesia voltada para o amor e as peripécias da vida, enquanto o segundo capítulo aborda a questão da liberdade e patriotismo. O terceiro capítulo do livro faz menção dos encantos e as belezas dos mangais do Lobito, as Acácias Rubras, em Benguela, e a Serra da Leba, no Namibe.
O livro inclui poemas escritos desde há década de 1989, até o momento actual, onde o autor procura nos transmitir as suas vivências, lugares e sítios, particularmente da sua terra natal, Alto Catumbela, e, em geral, da Província de Benguela.
No livro, o autor procura explorar uma época em que o país ainda vivia sobre o domínio do colonialismo e a guerra civil em Angola. O saudosismo do autor, enquanto alguém que participou e viveu as amarguras da guerra, está quase sempre presente nas suas abordagens.
Embora tivesse o cuidado de utilizar uma linguagem amenizadora e pacificadora no conteúdo dos seus poemas, as marcas de um passado difícil é visível, na maneira como tenta transportar e transmitir os seus sentimentos, particularmente para quem  sacrificou a vida em prol da Independência e da Paz em Angola.
Frederico Pascoal, logo no início do livro, não esqueceu de prestar uma singela homenagem aos filhos da pátria, que por ironia do destino, partiram para a guerra e muitos deles nunca mais regressaram.
Frederico Pascoal “York” é oficial superior do Exercito Angolano, nasceu em 1969 em Alto Catumbela, Província de Benguela, e é licenciado em Direito pela Universidade Lusíada de Angola em Luanda.

Tempo

Multimédia