Artista Hildebrando de Melo edita sua trajectória em livro


31 de Agosto, 2015

“Deep - Hildebrando de Melo” é o título do livro deste artista plástico que resume os seus 20 anos de pintura e cujo lançamento está agendado para o dia 4 de Setembro, na União dos Escritores Angolanos, em Luanda.

“É uma compilação dos 20 anos de obra de todos os projectos e está reunida num livro de 570 páginas”, explica a assessoria de imprensa do artista angolano em comunicado de imprensa enviado à agência de notícias Angop.
O livro vai ser apresentado por Fernando Galan, um crítico espanhol de arte a quem coube igualmente a elaboração do prefácio do livro “Deep-Hildebrando de Melo”.
“Assim é a pintura de Hildebrando Melo, misteriosa e até enigmática. E isto pode-se apreciar nesta compilação dos seus 20 anos de trajectória artística. Muitos defini-la-iam precipitadamente como pintura abstracta, mas este é mais um engano do que esta quase exotérica obra encerra”, escreve Fernando Galan no prefácio. O livro, refere o comunicado, apresenta também textos de Ângela Mingas, João Prates, Francisco Van-Duném, Manuel Dionísio, Nadine Siegert, Patrício Batsikama, Suzana Sousa e Terry Berne.
A cerimónia de apresentação vai ter como moderador o escritor e director do Jornal Cultura, José Luís Mendonça, e conta com as presenças de Francisco Van-Duném, Patrício Batsikama e do secretário-geral da União dos Escritores Angolanos, Carmo Neto.
Hildebrando de Melo, nascido no município do Bailundo, província do Huambo, venceu o “Prémio ENSA Arte” na Categoria Juventude e o “Prémio Desenhos na Areia”, promovido pela Norsk Hidro.
Está presente em colecções particulares, angolanas e de outros países. Realizou exposições em Angola, Portugal, Estados Unidos da América e Alemanha.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA