Cultura

Dan Brown em Lisboa

O escritor Dan Brown vai estar em Lisboa, no dia 15 de Outubro, para apresentar o novo livro, “Origem”, anunciou ontem a editora Bertrand, que confirmou também as presenças em Portugal de António Damásio, Pedro Siqueira e Ivan Jablonka. 

Autor de “Código da Vinci” lança novo romance em Outubro e apresenta em Portugal
Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

O destaque da temporada literária do grupo Bertrand Círculo vai para “Origem”, que chega às livrarias portuguesas no dia 4 de Outubro, no qual o leitor acompanha Robert Langdon “numa viagem emocionante e viciante pela arte moderna e símbolos enigmáticos em busca da verdade, em várias cidades espanholas”, de acordo com comunicado da editora.
Por seu lado, o neuro-cientista António Damásio vai lançar no dia 31 de Outubro na escola a que deu nome, em Lisboa, o romance “A Estranha Ordem das Coisas”, onde defende que “os sentimentos - de dor, sofrimento ou prazer antecipado - foram as forças motrizes primordiais do empreendimento cultural e os mecanismos que impulsionaram o intelecto humano na direcção da cultura”.
Ainda em Outubro é lançado o novo volume das Crónicas dos Clifton, por Jeffrey Archer, intitulado “Chegada a Hora”, com a Bertrand a editar também “Despertar”, que “vai servir de base para uma tertúlia a 9 de Novembro, na FNAC Colombo, sobre o universo de Stephen King”.
Na categoria de não-ficção, a Bertrand vai editar “Laëtitia - Ou o Fim dos Homens”, do francês Ivan Jablonka, que recebeu o prémio Médicis do ano passado com esta obra que “encerra diversos registos e géneros - literatura, actualidade, investigação, história, sociologia e política - e que conta a história de Laëtitia, uma rapariga raptada, violada e assassinada em 2011 em França”.
Ainda na não-ficção, a Bertrand realça a edição de “A Economia Mais Forte do Mundo”, do Nobel da Economia Joseph Stiglitz, bem como a publicação de “Portugal Visto pela CIA”, da autoria de Luís Naves, com recolha de documentos por Eric Frattini.
O professor universitário Francisco Louçã, vai publicar “Sombras - A Desordem Financeira na Era da Globalização”, em co-autoria com o académico norte-americano Michael Ash. Em Novembro, vai ainda ser lançada uma biografia do antigo presidente do banco BCP, Paulo Teixeira Pinto, da autoria de Sílvia Oliveira, enquanto o fundador do CDS, Diogo Freitas do Amaral,  publica “Da Lusitânia a Portugal: Dois mil anos de história”. Na série Temas e Debates, vai ser publicado “Moda e Feminismos em Portugal - O Género Como Espartilho”, de Cristina L. Duarte, e, pela mesma chancela, Irene Flunser Pimentel edita “O Caso da PIDE/DGS - Foram julgados os principais agentes da ditadura portuguesa?”

Tempo

Multimédia