Guitarrista do "The Smiths" publica livro de memórias


26 de Março, 2015

Fotografia: reuters

O guitarrista do conjunto “The Smiths”, Johnny Marr, que esteve vários anos à sombra do vocalista Morrissey, conta agora a sua versão da história num livro de memórias.

Seguindo os passos da autobiografia lançada por Morrissey em 2013, Marr anunciouque vai lançar uma autobiografia, na segunda metade de 2016, pela editora Century.“Durante os últimos anos, enquanto estive fora, em digressão a solo, promovendo o meu trabalho, fãs e jornalistas perguntaram-me quando iria  escrever o meu livro”, disse Marr, em comunicado. “Estou muito feliz de  vos dizer que chegou a hora de contar a minha história”.
Marr é um influente guitarrista do rock moderno, graças ao estilo eufórico que deu ao “pop”como ao “punk”dos anos 60, mas o público associa o “The Smiths” ao vocalista Morrissey, que tem uma legião de fãs devidoà sua inventividade e aforismos sobre a vida.
No seu livro, publicado pela Penguin Classics e intitulado “Autobiografia”, Morrissey foi amigável com Marr, mas contestou o ex-baterista da banda, Mike Joyce. Há 20 anos, Joyce entrou com uma acção judicial contra Morrissey por não terem chegado a um acordo em relação a questões financeiras. Morrissey diz que o ex-baterista se comporta como “uma pulga à procura de um cachorro”.
O livro de Marr é aguardado com a expectativa de se conhecer a sua opinião sobre os ex-colegas de banda. Desde que o “The Smiths” se desfez, em 1987, Morrissey seguiu uma carreira a solo e Marr toca com os grupos“Modest Mousse” e “The The”. Há dois anos, Marr deu início a uma carreira própria, com dois discos, “The Messenger” (2013) e “Playland” (2014).

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA