Cultura

Leitores de Saramago interagem no Camões

Mário Cohen

Leitores de várias gerações lotaram, ontem, a Biblioteca do Camões-Centro Cultural Português, em Luanda, para leitura da obra de José Saramago, Prémio Nobel de Literatura 1998.

Fotografia: DR

Entre estudantes de diferentes faixas etárias, os leitores viajaram no tempo para revisitar a obra do escritor português, em mais uma edição do projecto “Escritor do Mês”.

Para a embaixatriz portuguesa, Margarita Mexicano, foi importante ler títulos de José Saramago, porque permitiu incentivar os participantes a estudarem as suas obras por reunirem conteúdos informativos e divertidos, pela arte e poder imaginário que o autor usou para escrever as mesmas.
Os leitores partilharam conhecimentos sobre o autor, numa conversa aberta, em que cada um teve a oportunidade de ler um livro de José Saramago, e apresentaram várias questões sobre a vida do autor do livro “Objecto Quase”.Foram ainda informados sobre a importância da leitura de obras literárias e o interesse de ler seja qual for o autor para que os livros não morram nas prateleiras.
Na sua décima quinta edição, o “Escritor do Mês” reserva leituras da obra e vida de Saramago, tem a segunda sessão marcada para o dia 23, na próxima terça-feira, no mesmo espaço e horário. As entradas são livres e têm como objectivo promover a leitura e a divulgação de autores de língua portuguesa por meio da leitura colectiva de extractos das obras e biografias do escritor seleccionado.

Tempo

Multimédia