Livro de crónicas chega às bancas

Manuel Albano |
16 de Setembro, 2016

Um convite para revistar a história da cidade de Luanda antes de depois da Independência Nacional é uma das propostas do livro “Crónicas ao Amanhecer” da  jornalista Sara Fialho, a ser apresentado, hoje, às 18h30, no pátio da Rádio  Antena Comercial (LAC).

Kiocamba Cassua, da editora Acácia, disse ontem, ao Jornal de Angola, que o livro inclui   28 crónicas, nas quais a autor  partilha a sua emoção, vivência e conhecimento sobre as várias etapas e transformações ocorrentes em Luanda, desde o período colonial até os dias de hoje.
O resgate dos valores morais e cívicos, a preservação da paz, são alguns dos temas encontrados nas 144 páginas de “Crónicas ao Amanhecer”, resultado do trabalho desenvolvido por Sara Fialho, enquanto colaboradora do programa de rádio “Amanhã é Outro dia”, emitido na LAC, no primeiro horário do dia da meia noite à 1h00 da madrugada.
Sara Rodrigues Fialho da Costa, ou simplesmente Sara Fialho, nasceu no    Lucala, a 16 de Setembro de 1955. É mestre em Comunicação e Jornalismo, pela Atlantic International University (AIU), nos Estados Unidos. Foi alfabetizadora do Grupo de Jovens “Dom Bosco”, na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima; locutora e produtora de programas juvenis, na Rádio Eclésia/Emissora Católica de Angola; e colaboradora na realização do programa Carrossel, da TPA.
“Crónicas ao Amanhecer” é o seu primeiro livro publicado com a chancela da editora Acácia.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA