Livro de José Jaime chega ao Cunene

Elautério Sipuleni| Ondjiva
13 de Dezembro, 2014

Fotografia: Elautério Silipuleni| Ondjiva

O escritor José Jaime apresentou quinta-feira, em Ondjiva, Cunene, o seu primeiro livro, intitulado “Os Khoisan, a comunicação e o processo de socialização”, sobre a vida daquele povo na província do Cuando Cubango.

O conteúdo livro gira em torno do desenvolvimento da tribo dos Khoisan através da comunicação com os povos Bantu, que influenciou na tardia socialização destes habitantes.
José Jaime disse que os Khoisan representam menos de dez por cento da população angolana. “São os primeiros em Angola e hoje estão confinados em três ou quatro províncias.”
O autor afirma no livro que algumas das principais causas do desaparecimento desta tribo são as guerras tribais e a guerra de agressão ao país, na qual os Khoisan serviam de guia, acabando muitos por morrer.
O também jornalista da Televisão Pública de Angola (TPA) referiu que o livro tem algumas histórias, cujo enredo serve de base para pesquisa do modo de vida dos Khoisan, a sua maneira de se comunicar e a socialização.
Com 42 páginas, o livro editado em Portugal pela Rubricart teve uma tiragem inicial de mil exemplares, alguns dos quais estiveram à venda ao preço de dois mil kwanzas, na sessão de venda e assinatura de autógrafos em Ondjiva.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA