Lopito Feijó no Mercado da Poesia em Paris


15 de Junho, 2015

Fotografia: DR

Lopito Feijó participou de terça-feira até ontem, em Paris, como convidado do programa promocional de livros e autores da bacia do rio Congo, no 33° Mercado da Poesia em França.

O escritor apresentou e autografou livros “Cartas de Amor” e “Coração Telúrico”, recentemente editado no Brasil.
Lopito Feijó participou igualmente numa mesa-redonda na qual foi discutido o tema “O Papel da Poesia no Passado, no Presente e no Futuro dos Países Africanos à Volta da Bacia do Congo”.
O autor referiu que “a poesia e os poetas africanos, no tempo dos colonialismos, sempre estiveram e caminharam juntamente com os povos, consciencializando-os para a conquista das independências políticas” e que presentemente “o cavalo de batalha dos intelectuais do continente é a afirmação da cidadania”.
Lopito Feijó sublinhou na mesa-redonda que “os maiores desafios dos novos autores africanos são o agravamento das mais perigosas doenças de sempre, a corrupção e o, nepotismo, que impedem o desenvolvimento das economias e sociedades em pleno século XXI,  apesar dos inúmeros recursos existentes”.
No debate participaram os escritores Muene Okoundji e Aimmé Eyengué, do Congo Brazaville, Belarmin Moustinga e Nadia Origo, do Gabão, e Jeane Djanga, dos Camarões.
Aimmé Eyengué acentuou que “África precisa de novas elites intelectuais e políticas com líderes capazes de gerir imparcialmente os destinos de milhões de pessoas ainda humilhados e em alguns casos escravizadas e desprovidos da sua própria voz, mesmo habitando este importante espaço geopolítico e cultural”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA