Cultura

Manuscritos da guerrilheira ficam à guarda do Memorial

O Ministério da Cultura e os familiares de Deolinda Rodrigues procedem hoje à entrega oficial do acervo dos manuscritos de Deolinda Rodrigues para  guarda e posse do Memorial Dr. António Agostinho Neto, em Luanda.

Deolinda Rodrigues
Fotografia: Edições Novembro |

O Ministério da Cultura, em comunicado, disse  que a entrega do importante acervo para a História de Angola ao Memorial visa a sua preservação, transferência em outros suportes, tais como  formato digital, para a sua divulgação e comunicação, de forma a estarem disponíveis para os investigadores, docentes, estudantes e público em geral. A cerimónia conta com a presença da ministra  Carolina Cerqueira, de familiares de Deolinda Rodrigues, companheiros de guerrilha e convidados. Deolinda Rodrigues nasceu a 10 de Fevereiro de 1939, em Catete.

Tempo

Multimédia