Cultura

Marília Costa autografa "Estórias de embalar"

A escritora Marília Costa promoveu na sexta e no sá-bado na cidade de Caxito, noBengo, uma sessão de venda e assinatura de autógrafos do livro infantil “Estórias de embalar”.

Escritora Marília Costa autografou na cidade de Caxito
Fotografia: Adão João Pedro | Angop


Em declarações ao Jornal de Angola, a autora disse que cerimónia de apresentação da sua primeira obra literária, na cidade de Caxito, esteve inserida nas comemorações do 4 de Fevereiro, dia do início da luta armada de libertação nacional, cujo acto central decorreu no sábado, na província do Bengo.
Por outro lado, informou que a venda e a sessão de autógrafos consta de um projecto, que visa divulgar o livro em todo o país, estão em vista as cidades do Sumbe, Benguela e Huambo, para o mês de Março.
“Pensamos realizar essas actividades nas escolas primárias e nas bibliotecas públicas, para que o livro chegue ao leitor - criança”, disse a escritora e afirmou que o projecto de divulgação é da autoria da agência Wedoxes, voltada à promoção artística e cultural.
O livro foi lançado em Dezembro de 2017, comporta três estórias, designadamente, “O coelho cenoura”, “A cubata girassol” e “A formiguinha capulana”.
Os contos, ressaltou, retratam o bom comportamento que as crianças devem ter para serem pessoas boas e úteis à sociedade.
Sob a publicação da Acácias Editora, o livro tem 42 páginas e inclui uma nota de reflexão direccionada aos pais, para contar estórias aos filhos antes de dormirem, jogar bola no final de semana, brincar de casinha de boneca com as filhas, visitar parques ou reservas naturais, entre outros conselhos.
Ilustrado pela desenhadora Carol Freitas, “Estórias de embalar” faz parte da co­lecção Botão de Rosa, a capa e o design estiveram a cargo de Acúrcio Cassongo, a revisão foi de Hondina Rodri-gues e a  paginação de Acúrcio Cassongo.

Tempo

Multimédia