Mia Couto entre os dez finalistas


27 de Março, 2015

O escritor moçambicano Mia Couto é um dos dez finalistas do Man Booker International Prize.

César Aira (Argentina), Hoda Barakat (Líbano), Maryse Condé (Guadalupe), Amitav Ghosh (Índia), Fanny Howe (Estados Unidos da América), Ibrahim al-Koni (Líbia), Lázló Krasznahorkai (Hungria), Alain Mabanckou (República do Congo) e Marlene van  Niekerk (África do Sul) são os outros finalistas candidatos ao prémio, que atribui 81.500 euros ao vencedor.
Os finalistas foram anunciados pela presidente do júri, Marina Warner, numa conferência de imprensa realizada na Cidade do Cabo.
Na cerimónia de anúncio dos finalistas, o presidente da Fundação Booker Prize, Jonathan Taylor, disse que o organismo está “muito orgulhoso” por patrocinar o galardão que “tem um papel muito importante na promoção da excelência literária”.
O anúncio do vencedor do prémio 2015 vai decorrer numa cerimónia a realizar no Museu Victoria and Albert, em Londres, a 19 de Maio.
O prémio é um dos mais importantes do mundo literário, tendo sido já conquistado  por William Golding, Salman Rushdie, Ian McEwan e Eleanor Catton.Instituído em 1969, é a primeira vez em que um autor de língua portuguesa está entre os dez finalistas anunciados pela organização.
Mia Couto é um biólogo e escritor moçambicano, que nasceu e foi escolarizado na Beira, cidade capital da província de Sofala, em Moçambique.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA