Novo livro de Roderick Nehone na UEA


21 de Maio, 2015

Fotografia: DR

O mais recente livro de Roderick Nehone, “Filho Querido”, é apresentado na segunda-feira, dia 25, às 18h00, na União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda, em alusão ao Dia de África.

O lançamento do livro é feito por Francisco Soares e é uma parceria entre a União dos Escritores Angolanos, o Centro Cultural Português e a editora Leya para divulgar a literatura e os autores angolanos no estrangeiro. 
Em “Filho Querido” Roderick Nehone, num estilo coloquial, descreve, com a ironia que o caracteriza, o quotidiano de duas famílias em Luanda,  marcado por emoções, afectos, anseios, dramas, frustrações, traições e  amores clandestinos.  Uma história marcada por encontros e desencontros.
“Personagens delirantes como a Tia Santa, uma escrita oral apurada até ao detalhe pelo autor e um final, se não totalmente feliz,  pelo menos conciliador” fazem parte do livro. Roderick Nehone, pseudónimo literário de Frederico Manuel dos Santos e Silva Cardoso, nasceu em Luanda em 1965. Licenciou-se em Direito na Universidad Central de Las Villas em Cuba e foi docente da Universidade Agostinho Neto, de 1991 a 2004. É  membro da Ordem dos Advogados de Angola e vice-presidente da União dos Escritores Angolanos. Da sua vasta obra publicada constam “Génese”, Prémio António Jacinto de Literatura (1996), “Estórias Dispersas da Vida de um Reino”, Prémio Sonangol de Literatura (1996), “O Ano do Cão”, Prémio Sonangol de Literatura (1998), “Peugadas de Musa” (2001), “Tempos de Véu” (2003) e “Uma Bóia na Tormenta” (2007).

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA